A elétrica Copel (BVMF:CPLE6) registrou lucro líquido no terceiro trimestre de 441,2 milhões de reais, um aumento de 16,6% em relação ao ano anterior, de acordo com resultados financeiros divulgados na sessão da noite de quarta-feira. No mesmo trimestre, o lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou 1,43 bilhão de reais, um aumento anual de 26,8%.

Os resultados positivos ocorreram apesar do aumento nos custos e despesas operacionais da empresa no trimestre, principalmente devido à introdução do Programa de Incentivo ao Demissão (PDI) da Copel, que previu uma provisão de R$ 610,1 milhões, incluindo a demissão de 1.437 funcionários. “(Os resultados do terceiro trimestre) mostram que a empresa é muito estável, muito previsível e vem crescendo de forma consistente”, disse o presidente-executivo da Copel, Daniel Slaviero, à Reuters.

Comentando sobre o PDV, o executivo acrescentou: “Com esse PDV seremos muito consistentes com o que achamos ser o tamanho certo (da empresa)”, o que resultará em uma economia anual estimada de 428 milhões de reais e resultará em custo geral economia para a Copel. O número de funcionários aumentou para aproximadamente 4.500. Slaviero disse ainda que a Copel, que foi privatizada pelo estado do Paraná este ano, publicará na próxima semana as previsões de investimentos para 2024, incluindo um aporte recorde para o negócio de distribuição.

“Este será o maior investimento em uma franquia paranaense da história da Copel”, destacou o executivo, dizendo que cerca de 85% do investimento da empresa em 2024 será destinado à distribuição.

Ele ressaltou que a empresa vem ampliando seus investimentos em concessionárias nos últimos anos, que passaram de 550 milhões de reais para 1,87 bilhão de reais este ano, com o objetivo de aumentar a base de ativos regulatórios para a próxima revisão tarifária em 2026.

“O investimento na distribuição aumenta a base regulatória, que é crítica, melhorando a qualidade do serviço aos clientes e reduzindo custos através de redundância, equipamentos interligados e operações remotas.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *